Arquivo do blog

sábado, 10 de maio de 2014

Ela está grávida



10 de maio de 2014

Meu filho nasceu em janeiro. Ele é um bebê saudável e querido.Vou escrever sobre o nascimento e o renascimento de João. Mas neste Dia das Mães, quero compartilhar a mensagem que recebi pelo blog, enviada para o texto Endometriose e fitoterapia: minha experiência com a babosa. Assim como Carol (A gravidez de Carol) e Alessandra (Oração de Lorenzo), ela tem endometriose, era quase impossível que engravidasse, mas engravidou naturalmente. Eu não fiz uso de acupuntura nem homeopatia, mas nossos tratamento tem semelhanças, pois está fundamentado na mudança de estilo de vida. Embora o objetivo de ter hábitos saudáveis não seja, necessariamente, engravidar, o fato é que ao fazer essas mudanças, aumentam as chances de uma gravidez. Não podemos perder a esperança, ao mesmo tempo em que podemos aceitar novos caminhos, além daqueles que desejamos muito. A fertilidade é amplidão.



Já nasceu o seu menino? Correu tudo bem? Agora o tempo é dirigido ao seu bem mais precioso :)

Eu não desisti apesar da 4ª menstruação ter sido muito dolorosa e já ter um novo tumor de 2 cm. O meu marido com amor por mim sugeriu que eu não continuasse a tentar pois era a minha saúde que estava a ser comprometida, mas Deus lá interviu e incrivelmente as dores diminuíram nas 2 menstruações seguintes e não houve mais... fiquei grávida :)

Engravidei naturalmente apesar do meu médico achar que isso seria praticamente impossível... devo ao meu marido que sempre me apoiou, devo muito a si, segui muitos dos seus conselhos, deve-se à acupunctura e ao xarope de aloé.
Deus pôs a mão em mim, sou muito abençoada. 
Em breve farei uma eco para saber se está tudo direitinho e agora é rezar para que a gravidez vá até ao fim :)

Muito obrigada e muitas felicidades. 




4 comentários:

  1. Me confesso aliviada com teu retorno! Sou tua leitora há dois meses, desde quando descobri minha endometriose e dois miomas uterinos intramurais (3,5 e 1,5cm).

    Foram dois meses onde muita coisa aconteceu. Tomei teus conselhos, mudei radicalmente a minha vida, fiz minhas próprias pesquisas, me reconciliei com meu Salvador querido, me conheci definitivamente, encontrei, me livrei de maus pensamentos, sentimentos. Aprendi a me cuidar de verdade pela primeira vez. Perdi 5kg de maus hábitos e muito peso dos meus ombros e mente também. Me sinto nova, forte e sendo direcionada pelo meu Mestre diariamente.

    Mesmo depois de duas consultas médicas apavorantes (ainda vou encontrar um especialista que não queira me operar antes de saber o que eu penso sobre), tenho encontrado esperança nos exemplos como o teu. Foram, talvez, os dois meses mais importantes da minha vida, pois tudo mudou.

    Sei que agora te demanda o teu bebezinho amado, mas saiba que existe alguém que esperava ansiosa pelo seu retorno. <3

    Com muito amor em Cristo,
    M.B.

    Obs. Ainda não fiz meus xaropes de aloé pois ainda tenho muito medo de consumir a espécie errada. Tem alguma dica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, M.B.:

      Que palavras! “Me sinto nova, forte e sendo direcionada pelo meu Mestre diariamente.” Parabéns pelas conquistas!!! Fiquei emocionada com suas palavras, com cada um de seus comentários.

      Fico feliz em saber que está melhor de saúde. São muitos os desafios, mas persistir nesse caminho significa, de fato, saúde, restauração. Só a experiência pode mostrar. É preciso acreditar e persistir. Os resultados mostrarão a validade dessa escolha.

      Eu não tenho miomas. No entanto, a mudança de estilo de vida fortalece o organismo para enfrentar não apenas uma doença, não apenas a endometriose. Hábitos de vida saudável fortalecem o sistema imunológico, fortalecem o organismo como um todo. Também é importante, eu creio, procurar alimentos, plantas que estejam relacionados ao que precisamos superar. Será que a babosa combate também miomas? Eu não sei. Mas ao tomar o composto, e fazer as mudanças em seu estilo de vida, você poderá avaliar, com o acompanhamento de exames médicos. A mudança em seu estilo de vida a fortalece para vencer os miomas também. Mas o que mais poderá ser feito? Por isso, é importante você continuar fazendo pesquisas. Pesquisar é essencial.

      Recuperar a saúde é também personalizar o novo estilo de vida, tendo em vista as necessidades de seu organismo. Embora haja regras gerais, que acredito que devem ser seguidas, há também um mapa particular, um protocolo pessoal, diretrizes que construímos a partir da percepção do próprio organismo, do estudo da fisiologia, de pesquisas. No meu caso, eu construo esse mapa também com a oração. Sem orar, eu não saberia.

      Obrigada pelo carinho. Desejo muito sucesso em suas mudanças, em seu novo estilo de vida.

      Com muito carinho,

      PS.: 1. Sobre a babosa, envie-me um e-mail com as fotos da planta. Posso ajuda-la a identificar. E-mail: endometrioma@gmail.com
      2. Conversei com um médico, de Manaus, que usa ervas para tratar miomas, com sucesso (Veja a reportagem do Globo Repórter http://redeglobo.globo.com/Globoreporter/0,19125,VGC0-2703-3200-1-49326,00.html).
      3. Às vezes, é necessário se submeter a cirurgias. Eu tive que fazer a primeira, pois o endometrioma estava enorme (15 cm). Mas a cirurgia apenas “corta a grama”, como me disse um médico. Se não mudamos nosso estilo de vida, “a grama volta a crescer”. Por outro lado, muitas cirurgias são realizadas sem necessidade. Se houvesse mudança de estilo de vida, a doença estaria vencida ou controlada. Eu estava com um endometrioma de 6 cm (e outros focos), e com as mudanças que fiz, ele reduziu para 2 cm. Sem cirurgias, sem remédios hormonais. Mas se ele tivesse avançado de tamanho, eu teria que me submeter a outra cirurgia. Precisamos sempre avaliar, com exames médicos, nosso tratamento.

      Excluir
  2. Muito mas muito feliz de ter encontrado seu blog! Não tenho endometriose mas sim outros problemas como miomas, pólipos e ovários policísticos. Já passei por duas cirurgias e já vinha suspeitando sobre o alto nível de estrógeno no meu corpo quando encontrei seu post sobre a dieta antiestrogênica. Comecei ler os seus posts de trás para frente e foi como ler uma história com final feliz com seu pequeno milagro. Você é uma inspiração! Alguém comentou que estava cansada de ler histórias de mulheres deprimidas pela situação na que estavam e encontrou seu blog. Você decidiu pegar as rendas da sua vida e fazer acontecer sem importar o pronóstico dos médicos. Meus parabéns e obrigada por compartilhar sua história!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Muna!

      Obrigada por escrever! Tenho recebido muitas mensagens. Quero responder a cada leitora, mas não tenho conseguido ainda. Meu bebê está com 8 meses, um menininho lindo e esperto. Está sendo bem corrido. Quase não tem sobrado tempo. Meu desafio tem sido alimentar meu bebê com a dieta natural sem o uso de suplementos, com exceção da vitamina D. Até aqui o bebê não teve qualquer doença ou mal-estar, nem uma gripe, febre ou cólica. Nem constipação, diarreia ou alergias. Uma saúde de ferro! Certamente esse novo estilo de vida não apenas cura a endometriose como define um crescimento saudável na principal fase da vida.

      Tenho certeza de que você terá a saúde fortalecida! Agradeço o carinho! Fiquei muito feliz em receber sua mensagem! Carinho,

      Excluir