Arquivo do blog

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Um bebê


23 de dezembro de 2014

“Ao ponderar sobre a encarnação de Cristo na humanidade, ficamos estupefatos diante de um mistério insondável, que a mente humana não pode compreender. Quanto mais meditamos nele, mais estupendo parece ser. Quão amplo é o contraste entre a divindade de Cristo e o indefeso bebê na manjedoura de Belém! Como podemos transpor a distância entre o poderoso Deus e uma criança indefesa? E, no entanto, o Criador dos mundos, Aquele em quem habitava corporalmente a plenitude da Divindade, Se manifestou no indefeso bebê na manjedoura. Muito mais elevado do que qualquer dos anjos, igual ao Pai em dignidade e glória, e, contudo, revestido da humanidade! A divindade e a humanidade combinaram-se misteriosamente, e o homem e Deus tornaram-se um. É nessa união que encontramos a esperança de nossa raça decaída” (Ellen G. White. Signs of the Times, 30 de julho de 1896).


João, aos cinco meses, em cerimônia de dedicação a Deus.




11 comentários:

  1. Querida amiga, seus textos são muito especiais. Um alerta e uma bênção para as pessoas. O lindo bebê é a prova de que a vida clama para ser vivida a despeito de todos os percalços que possam existir. Ele reina absoluto. Parabéns por tudo! Tenha um ano novinho para continuar dando vida a seus sonhos e para acreditar na sua fé.

    Com grande admiração e carinho,

    Michele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Michele, querida amiga escritora, a quem Deus concedeu o dom das letras e do amor, você se volta tanto para as tristezas quanto para as alegrias do outro – acolhendo e consolando; vibrando e louvando. Amiga de todos os momentos, amiga que gostaríamos sempre de ter ao nosso lado. Você é parte atuante desta história. Este bebê nasceu também de suas palavras de fé, geradoras de vida. Desejo-lhe muitas bênçãos, pois o toque de Deus está sobre você. Carinho, admiração, gratidão,

      Excluir
  2. Muito feliz de ler tua história. Eu já tinha deixado um comentário para você agradecendo por contar sua história e agora te agradeço por compartilhar esse maravilhoso presente que é seu filho. Para as que ainda estamos na luta, esta história feliz realmente significa muito. Nos da esperança e vontade de continuar, de fazer mudanças, de nos responsabilizarmos também pela nossa saúde. OBRIGADA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz em ler sua mensagem. Deus nos mostra o caminho (informação, conhecimento) e nos dá forças para realizar as mudanças (motivação, persistência, resistência). Esse encontro com Ele faz nascer tantos outros encontros. Agradeço por seu carinho! Desejo sucesso e muitas bênçãos de Deus.

      Excluir
  3. Que bebê lindo! Parabéns! Que Deus continue abençoando você e sua família linda.
    Se puder, continue escrevendo, suas mensagens são importantes para nós.
    Carinhos,
    Andréa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora já está na fase das andanças...rs. O tempo está muito reduzido. Não consigo escrever. Mas acho que o blog se renova, segue se escrevendo. Ontem, recebi um e-mail de uma leitora que engravidou naturalmente após fazer as mudanças. Seu bebê já nasceu. Ela quer escrever e contar sua experiência. Que lindo será ler essas palavras! Espero logo atualizar o blog. Agradeço suas palavras! Com grande carinho,

      Excluir
  4. Muitos parabens por tudo! Haveria possibilidade de a contatar por email? Muito obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Obrigada! Você poderia enviar seu e-mail neste espaço de comentários? Eu entrarei em contato. Um grande abraço!

      Excluir
    2. Olá! Obrigada! Você poderia enviar seu e-mail neste espaço de comentários? Eu entrarei em contato. Um grande abraço!

      Excluir
  5. Boa noite, como você está? A doença segue controlada? Continue escrevendo, quando descobri a enfermidade, suas palavras foram as mais confortantes, muito obrigada pela contribuição. Que Deus te abençoe sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Naira! Obrigada por escrever. Estou bem! Mudei-me para um sítio, nas montanhas. Por enquanto, estou sem internet. Logo voltarei a escrever. Desejo muita força. Que Deus a abençoe muito!

      Excluir