Arquivo do blog

sábado, 2 de janeiro de 2016

Os Céus

video

2016

Estou morando no alto de uma montanha. Ganhamos o João. Vendemos o que tínhamos e compramos um sítio na cuesta, nos altos da terra. João está com 1 ano e 11 meses.

A endometriose é apenas um gigante adormecido. Tanto quanto subimos, mais distante ela parece estar. Subir é tocar o Céu e se deixar modificar por ele. Há tantas coisas que só o olhar para cima pode me ensinar. Não precisamos de uma montanha para fazer isso. O Céu está sobre todos.

Desejo um 2016 de esperança e força.

Acima, um vídeo que fiz do João aqui em nosso sítio. 

7 comentários:

  1. Sigo seu blog a algum tempo e estou tentando mudar meu estilo de vida, mais confesso que oque mais está pegando são as cólicas, TPM, dores abdominais....
    Gostaria de saber: oque VC fazia quando menstruava para não ter essas dores terríveis? Não estou aguentando mais! Estou quase voltando a tomar AC. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu cheguei a desmaiar de dor, duas vezes. Durante minhas tentativas de mudar meu estilo de vida, sentia algumas dores. Gradativamente, meu corpo foi se fortalecendo. Gradativamente, as dores foram sumindo. À medida que eu mudava meus hábitos, começava a me sentir melhor. Hoje, não tenho mais dores. A mudança de estilo de vida não funciona como um remédio que pode dar alívio imediato. É um processo, um aprendizado, com altos e baixos. Exige reflexão, avaliação sobre o que ainda precisamos mudar, sobre nossa própria realidade. Requer paciência, insistência, pesquisa. Se deixarmos esse caminho porque ele parece não funcionar, o que restará? Fármacos hormonais, remédios para dor, um cardápio sem restrições e sem nutrientes? Para mim, não havia outra opção. Era prosseguir e prosseguir. Comecei as mudanças em 2008. Em 2012, estava bem melhor. Em 2013, engravidei. O tempo nos coloca à prova. É por isso, que precisamos nos perguntar se realmente acreditamos no poder da alimentação natural, dos exercícios, do ar puro, da água, da fitoterapia. Se realmente achamos que esse é um bom caminho, ele será trilhado com prazer, com alegria, apesar de todas as dificuldades, apesar da dor. Precisa ser um caminho leve, apesar dos desafios que não são poucos. A dor pode nos auxiliar a avaliar aquilo que ainda precisa ser mudado. A dor pode nos fazer desistir de uma trilha que desafia nosso desejo de cura, pois é uma trilha extensa. Para enfrentar a dor, eu também orava. Em prece, pedia que se estivesse em caminho errado, fosse conduzida para as decisões certas.

      O Médico dos médicos conhece a cada uma de nós. Sabe de nossas lutas gigantescas, de nossa dor em meio a tantas responsabilidades, diante de uma família que depende de nós; no seu caso, de duas filhas.

      Que Ele a guie pelo melhor caminho, lhe dê forças, sempre, pois você tem tentado, você tem buscado. Desejo muita força. Com muito carinho,

      Excluir
  2. Obrigada pela resposta! Já estou desesperada e tinha pensado em voltar a tomar AC, mais vou continuar tentando naturalmente,tenho muito medo da endo aumentar mais estou num beco sem saída, pois como VC disse os remédios, hormônios fazem muito mal, meu pior problema é o nervoso, sou muito ansiosa e nervosa...mais continuarei nessa luta, obrigada por nôs motivar com seu maravilhoso testemunho! Fica com Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por escrever, por compartilhar seus sentimentos. Você tem razão, a endometriose é uma doença complexa, que pode avançar rapidamente. Por isso, requer todo cuidado. Há alguns anos, recebi o e-mail de Ângela, de Portugal. Ela estava fazendo as mudanças sugeridas no blog. Já sentia melhor quando teve uma crise. Escreveu me contando isso. A partir do que ela escreveu, eu fiz um texto para o blog sobre alguns pontos que devemos considerar sobre a mudança de estilo de vida e a endometriose, tais como acompanhamento médico, exames, etc. Não deixe de ler este texto: http://endometrioma.blogspot.com.br/2012/03/resposta-de-angela.html

      Suspeito que essa mesma leitora é a Ângela que, anos mais tarde, superou a doença, engravidou naturalmente e teve seu filho há pouco tempo. Veja aqui o texto Acreditar, que publiquei recentemente: http://endometrioma.blogspot.com.br/2016/01/acreditar.html

      Excluir
  3. Minha querida amiga! Que saudades de você! Que saudades dos seus textos!
    Você não imagina a minha alegria em entrar no blog (para procurar algo referente à história de sua mãe e a falta de vitamina B)e me deparar com um texto recente seu!!!

    Me emocionei ao ver o video do pequeno grande João. Eu e minha mãe aqui em frente ao computador...
    Definitivamente, os céus proclamam a Glória de Deus e o firmamento anuncia a obra de suas mãos.
    Em busca de algo para ajudar outra pessoa, o nosso Abba Pai, mais uma vez, usa você minha querida amiga, para falar comigo... Pois "a lei do Senhor é perfeita, e refrigera a alma; o testemunho do Senhor é fiel, e dá sabedoria aos símplices."
    Faz quase 2 anos que não nos conversamos, mas não há um só dia que eu não me lembre de você, suas palavras, da sua força, da sua persistência, da sua fé e principalmente da sua vitória, o pequeno grande João.
    Vivi muitas coisas durante esse tempo... A caminhada não é fácil, confesso, mas creio Naquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, segundo o poder que opera em nós.
    (Efésios 3:20)

    Um grande abraço com carinho!

    Gaby

    ResponderExcluir
  4. Olá, querida Gabriela!

    Que alegria receber sua mensagem! Que palavras abençoadas!
    Sempre me lembro de você também. Lembro-me de seu último e-mail em que me dizia que estava bem, com a saúde estabilizada, sem as dores de antes, após ter mudado seu estilo de vida. Você havia acabado de fazer um exame e havia constatado que a endometriose estava sob controle. Isso é uma ótima notícia! Um grande presente de nosso Deus! A endometriose é uma doença complicada. Conseguir o controle dela com a mudança de estilo de vida, sem uso de fármacos e cirurgias, é uma imensa vitória. Você é muito abençoada! Como você está agora? Se desejar, conte de sua experiência, do controle bem-sucedido da doença por meio de hábitos saudáveis. Será um prazer publicar sua história de vitória! Muitas mulheres poderão acreditar nesse caminho por meio da sua vivência, das bênçãos que você recebeu!

    Você precisa de informações sobre a vitamina B12? Com a amamentação, eu tive uma carência mais acentuada, pois não queria repor com citoneuril, que provocou, a meu ver, o aumento de focos de endometriose, à época. Comprei uma vitamina importada muito eficiente, sem açúcar, de grande eficácia, sem cianureto (um veneno que colocam em suplementos nacionais). Mas agora estou mantendo os níveis adequados usando ovos de maneira específica (Se quiser saber detalhes sobre minha reposição posso lhe enviar um e-mail). Não podemos nos descuidar com a vitamina B12. É algo bem sério. Apesar de às vezes ser necessário usar suplementos sintéticos, acho que o corpo não “lê” muito bem essas substâncias artificiais. O alimento é sempre melhor que o suplemento.

    Estou, no momento, tentando atualizar um blog que fiz para o João: https://antesqueelecresca.wordpress.com/
    Tem mais vídeos dele.

    Escreva para o blog sobre você, sua história, suas lutas, as mudanças que fez, os benefícios que teve, suas grandes vitórias! Será uma bênção para muitos, tenha certeza disso. Quantas pessoas percorrem esse caminho e conseguem vencer essa doença? Você conseguiu, você tem conseguido, com a força de nosso Pai.

    Fique com Deus minha querida amiga.
    Com grande carinho e felicidade em receber sua mensagem,
    PS.: Envie um endereço postal (não vou publicá-lo) para eu lhe enviar algo. Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Olá, querida Gabriela!

    Que alegria receber sua mensagem! Que palavras abençoadas!
    Sempre me lembro de você também. Lembro-me de seu último e-mail em que me dizia que estava bem, com a saúde estabilizada, sem as dores de antes, após ter mudado seu estilo de vida. Você havia acabado de fazer um exame e havia constatado que a endometriose estava sob controle. Isso é uma ótima notícia! Um grande presente de nosso Deus! A endometriose é uma doença complicada. Conseguir o controle dela com a mudança de estilo de vida, sem uso de fármacos e cirurgias, é uma imensa vitória. Você é muito abençoada! Como você está agora? Se desejar, conte de sua experiência, do controle bem-sucedido da doença por meio de hábitos saudáveis. Será um prazer publicar sua história de vitória! Muitas mulheres poderão acreditar nesse caminho por meio da sua vivência, das bênçãos que você recebeu!

    Você precisa de informações sobre a vitamina B12? Com a amamentação, eu tive uma carência mais acentuada, pois não queria repor com citoneuril, que provocou, a meu ver, o aumento de focos de endometriose, à época. Comprei uma vitamina importada muito eficiente, sem açúcar, de grande eficácia, sem cianureto (um veneno que colocam em suplementos nacionais). Mas agora estou mantendo os níveis adequados usando ovos de maneira específica (Se quiser saber detalhes sobre minha reposição posso lhe enviar um e-mail). Não podemos nos descuidar com a vitamina B12. É algo bem sério. Apesar de às vezes ser necessário usar suplementos sintéticos, acho que o corpo não “lê” muito bem essas substâncias artificiais. O alimento é sempre melhor que o suplemento.

    Estou, no momento, tentando atualizar um blog que fiz para o João: https://antesqueelecresca.wordpress.com/
    Tem mais vídeos dele.

    Escreva para o blog sobre você, sua história, suas lutas, as mudanças que fez, os benefícios que teve, suas grandes vitórias! Será uma bênção para muitos, tenha certeza disso. Quantas pessoas percorrem esse caminho e conseguem vencer essa doença? Você conseguiu, você tem conseguido, com a força de nosso Pai.

    Fique com Deus minha querida amiga.
    Com grande carinho e felicidade em receber sua mensagem,
    PS.: Envie um endereço postal (não vou publicá-lo) para eu lhe enviar algo. Abraços!

    ResponderExcluir